Idioma:

Fotógrafo Konrad Bak dá dicas para fotos de inverno perfeitas‏

30 de janeiro de 2013 | Em Imagens e Vídeos | 842 visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


Janeiro e fevereiro são os meses em que os polacos gostam de sair com suas famílias para férias de inverno. Os que ficam em casa frequentemente saem para caminhadas ou fazem pequenas viagens de fim de semana. Este é um momento perfeito para tirar fotos incríveis também. O expert e um dos fotógrafos mais produtivos do banco de imagens Fotolia, o polaco Konrad Bąk, fala sobre os detalhes que precisam de atenção quando se está fotografando em ambientes de inverno.

Condições do tempo específicas como a luz do sol mais fraca, neve ou temperaturas baixas definitivamente afetam a qualidade das fotos. Esses fatores também têm impacto sobre as preparações para a sessão fotográfica. Como podemos tirar fotos de esqui cheias de vida ou nos preparar para capturar extensas paisagens tranquilas?

O Equipamento

foto-invernoO equipamento para tirar fotos de inverno, em geral, não é muito diferente do usado durante as estações mais quentes. Se tirarmos fotos num dia ensolarado, podemos logicamente utilizar um disco refletor para iluminar as sombras mais duras e escuras dos objetos e modelos fotografados. Se queremos fotos profissionais, podemos usar grandes lâmpadas de campo que iluminam significativamente áreas maiores de quadro, mas nós também podemos conseguir bons resultados com luzes comuns de reportagem dedicadas. Nesse caso, se nós usarmos o disparo automático, podemos adicionar luz ao objeto de qualquer lado e distância. Vale lembrar, no entanto, que o equipamento de fabricantes renomados vai garantir uma operação livre de defeitos e uma maior funcionalidade em diferentes temperaturas, ao contrário de equipamentos importados da Ásia.

“Se estamos tirando fotos com muita neve, vale muito à pena utilizar algum tipo de case de proteção para a câmera, e também é possível comprar esses acessórios para os flashes mais caros. Eles vão também proteger o seu equipamento em caso de chuvas leves. Em geral, entretanto, eu evitaria tirar fotos se estiver nevando muito. Temos que lembrar que a neve, quando derrete nas aberturas de ventilação dos flashes, pode molhar a parte interna, danificando o funcionamento dos circuitos. Gotas de neve derretida nas lentes pode ser problemático também – Podemos preveni-las usando um capuz de lente estilo “tulipa”, que é particularmente efetivo para lentes telefoto,” diz Konrad Bąk.

Configurações Adequadas

roupas-invernoQuando tiramos fotos em que tudo em volta é branco temos que nos lembrar de configurar o balanço de branco para que a neve tenha uma tonalidade adequada. Isso exclui condições específicas como a alvorada e o pôr do sol. A coloração da neve nas sombras deve ser voltada para cores levemente mais frias, como os tons de azul. Isso é importante porque assim a pele das pessoas fotografadas vai ter um aspecto rosado mais leve e natural. Se, por outro lado, tirarmos fotos contra o sol, é importante adicionar luz à face do modelo com um flash frontal. As proporções devem ser mantidas de forma que a intensidade do flash fique balanceada com a forte luz do sol que vem de trás. Se conseguirmos fazer tudo certo, o céu nas fotos terá uma linda cor azul. Um efeito similar (a cor do céu e a nitidez das nuvens) pode ser alcançado utilizando um filtro polarizador. Em caso de contrastes mais drásticos entre a parte superior e a inferior da foto, filtros de gradação cinza podem ser úteis. Efeitos interessantes também podem ser obtidos usando um filtro de cores quentes ou de gradação que adicionam um leve tom vermelho-alaranjado à foto.

Fotos estáticas vs. Fotos em movimento

Em que devemos prestar atenção enquanto fotografamos uma linda paisagem montanhosa, ou então pessoas brincando na neve? Se tivermos paixão por fotografar montanhas, definitivamente as imagens mais dramáticas podem ser obtidas durante o nascer e o pôr do sol. Contudo, temos que manter em mente que, no inverno, o momento do pôr do sol e as condições de iluminação relacionadas duram bem menos do que no verão. Ainda assim, visões como nuvens passando por entre os picos rochosos ou frequentes neblinas nos vales das montanhas trazem cenários fantásticos para fotografias de viagens às foto-nevemontanhas. Porém, fotos “desportivas” ficam melhores com sol. Se queremos capturar nosso parceiro esquiando, ou nossos filhos em trenós, então o tempo de obturação será o mais importante – quanto mais rápido melhor. Dependendo da velocidade do objeto em movimento, melhor seria 1/500s ou menos. Uma boa forma de desfocar o segundo plano com o desfoque de movimento é sincronizar o movimento da lente com o do objeto. Assim, com obturações como 1/80 segundos, nos teremos um fundo dinâmico desfocado quanto mantemos uma nitidez aceitável no objeto fotografado. Mantenha em mente que fotos de pessoas, particularmente retratos, devem ser tiradas com lentes focais mais longas, de 50mm para cima. Se nós queremos capturar detalhes, como cristais de gelo e pétalas de flores, lentes telefoto são perfeitas. Paisagens de inverno, entretanto, vão ficar muito melhores se fotografadas com lentes wide angle. Se usarmos câmeras menos avançadas em termos de preço e tecnologia, não devemos ter medo de usar configurações manuais. Experimentando um pouco podemos conseguir efeitos realmente interessantes!

De Ivaiporã/PR, Engenheiro de Computação, Administrador do Grupo Dicas em Geral. Apaixonado por Tecnologia e Informática.



Deixe seu comentário

Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana