Idioma:

Revolução da tecnologia muda relação com os eletrodomésticos

25 de fevereiro de 2012 | Em Informática e Tecnologia | 292 visualizações | Por

Clique e compartilhe: 


geladeira inteligenteTelefones celulares que parecem televisores, televisores que passariam por telas de cinema, câmeras de fotos submersíveis e lavadoras conectadas à internet. Os eletrodomésticos estão imersos em uma revolução que ameaça mudar para sempre a relação dos usuários com estes aparelhos.

A feira de eletrônica de consumo CES (Consumer Electronics Show) realizada em janeiro em Las Vegas (EUA) mostrou mudanças que pouco a pouco estão conseguindo derrubar as fronteiras entre os usos frequentes dos diferentes eletrodomésticos. O exemplo mais claro é talvez o dos telefones celulares. Já estamos acostumados a consultar a internet em qualquer parte graças à conectividade dos smartphones. No entanto, os telefones inteligentes dão mais um passo incorporando melhorias em suas telas para dar suporte a conteúdos em qualidade HD, tornando possível se levar uma televisão no bolso.

Com uma tela que suporta imagens em alta resolução e um processador de duplo núcleo de 1,5 GHz, o novo Xperia S de Sony representa essa aposta dos fabricantes em incluir em seus dispositivos telas potentes capazes de reproduzir conteúdos com altos padrões de qualidade.

A tendência da indústria em apostar no “cinema portátil” chega também através da Samsung que estes dias apresentou o tablet Galaxy 7.7. Se uma das estrelas da CES foi a televisão de 55 polegadas com tecnologia Super OLED da Samsung, este mesmo avanço se aplicou ao tablet da linha Galaxy para mostrar conteúdos com uma intensidade de cores e uma definição nas formas que elevarão os conteúdos audiovisuais em tablets a um nível de qualidade superior.

Os novos lançamentos confirmam que a moda dos smartphones não é uma coisa passageira nem para os usuários nem para a indústria. Calum McDougall, responsável de marketing da linha de smartphones Xperia, explicou à EFE que a estratégia da companhia não contempla, por enquanto, o desenvolvimento de telefones que não sejam inteligentes. “Isso não significa que vamos reduzir o público a que chegamos, o que queremos é tornar fácil para todo mundo o uso deste tipo de telefones”.

Televisores cinematográficos
As televisões estão crescendo há alguns anos, desde que as telas planas substituíram os televisores de tubo, mas essa mudança, longe de deixar mais espaço livre na sala, contribuiu para que os padrões da tela das TVs aumentassem. Como visto nas últimas apresentações de fabricantes como LG e Samsung, em breve passaremos do padrão de 40 para 55 polegadas.

Pela qualidade de suas imagens – graças à introdução da tecnologia OLED a um preço que aspira a ser em breve acessível para o grande público – e por seu tamanho, esta nova geração de televisores, nos quais já são frequentes a conexão à internet e as imagens em três dimensões, transformam a sala de estar.

Ainda além vai a linha de projetores 4K de Sony, que oferecem uma resolução quatro vezes superior ao formato HD. Muito em breve se poderá adquirir uma versão doméstica deste dispositivo já usado em cerca de 10 mil salas de cinema no mundo todo.

Na feira de Las Vegas, os especialistas que mostravam as novidades da Sony concordavam com a ideia de que, à margem da questão de se os salões europeus contam com as dimensões suficientes para tornar razoável estes padrões de tamanho, o mercado americano demanda “telas cada vez maiores”. E os fabricantes estão se esforçando para que um televisor maior seja sinônimo de um televisor melhor graças a aliados como a tecnologia OLED, ou os avanços que estão sendo feitos no que se refere a imagens estereoscópicas.

Lavadoras que falam
Já não é uma novidade que as geladeiras se encarreguem de fazer a lista das compras além de esfriar os alimentos em seu interior. O que é mais surpreendente é a proposta da Samsung que incorporou a suas geladeiras com tela LCD táctil e conexão Wi-Fi a opção de acesso ao Facebook para compartilhar receitas ou, simplesmente, interagir com outros usuários enquanto se está na cozinha.

Também conectada à internet chega a nova lavadora da LG. Através de uma aplicação para o celular, quem tem esta lavadora poderá ter acesso à função “Smart Diagnoses” do eletrodoméstico, que lhes enviará um aviso se acontecer uma parada e avaliará a necessidade de chamar um técnico, além de alertar em caso de se ter deixado a porta da lavadora entreaberta ou qualquer outra distração.

Fornos que são ao mesmo tempo micro-ondas, torradeira e campainha de cozinha, câmeras de vídeo que servem ao mesmo tempo de projetor de cinema e câmeras de fotos submersíveis com acesso às redes sociais são outros dos exemplos que os diferentes eletrodomésticos têm limites cada vez mais difusos e tentam tornar mais fácil a vida ao usuário.

Com informações de tecnologia.terra.com.br

Webdesigner, Técnico em Hardware e Técnico em Mecatrônica.



Deixe seu comentário

Um pouco sobre nós

    O Grupo Dicas em Geral surgiu em 2007 a partir de idéias inovadoras sobre solução de problemas enfrentados diariamente por quem utiliza a Tecnologia e Informática, tanto usuários comuns quanto técnicos. Mas onde surgiu, por quê e qual é o propósito deste site?

Clique aqui e conheça!

Siga o Dicas em Geral no Google+

Vídeo da Semana